Rough Cut Lab

É um laboratório voltado para montadores com o objetivo de discutir a construção narrativa no processo de montagem e o papel do editor na criação de um filme.

PROGRAMA ROUGH CUT LAB


Dois projetos de documentários em fase de pós-produção e um grupo de editores (observadores) são selecionados para participar de uma oficina com a montadora Claire Atherton.

Claire Atherton

Claire Atherton é montadora de filme, nascida em 1963 em São Francisco – Estados Unidos. Ela foi atraída desde muito jovem pela filosofia taoísta e por ideogramas visuais. Em 1986, Claire começou a trabalhar com Chantal Akerman em “Cartas a Casa”, que marcou o início de 30 anos de colaboração até o último filme de Akerman “Não é um filme caseiro”, e última instalação “Agora”. Claire Atherton também trabalhou como editora com uma ampla variedade de diretores, jovens cineastas e estudantes de cinema.

 

MASTER CLASS DE MONTAGEM

3 de outuBRO| 14:30 – 18:00

4 de outuBRO| 10:00 – 13:30

Em duas sessões, vamos mergulhar no pensamento e no trabalho da montadora Claire Atherton.

DIÁLOGO COM EDITORES

4 de outuBRO| 14:30 – 18:00

Durante meia jornada, a montadora abordará os aspectos conceituais do trabalho na montagem de um documentário, o vínculo entre editor e diretor, e irá compartilhar as diferentes metodologias que ela utiliza para construir uma história.

 

EXIBIÇÃO E ANÁLISES

5 de outuBRO| 10:00 – 13:30 | 14:30 – 18:00

O último encontro será focado na análise dos projetos selecionados, estabelecendo um diálogo entre os editores, realizadores e a tutora.

Local

Unibes Cultural: Rua Oscar Freire, 2500, São Paulo

inscrições

As inscrições para o Rough Cut Lab estão encerradas, mas se tiver interesse em participar da master class de Claire Atherton que faz parte dos Seminários DOCSP, reserve seus ingressos aqui.